Olá, eu sou um leitor do Homem Moderno há alguns anos, e após uma troca de mensagens, fui convidado para compartilhar minha história com você e outros leitores do blog, pois o que vou relatar aqui pode ser muito interessante e também melhorar a sua vida sexual! Eu solicitei anonimato ao Blog para preservar a minha privacidade e a da minha parceira, pois eu pretendo compartilhar muito da nossa vida sexual, intimidade, do que a gente faz na cama entre quatro paredes, você entendeu… e não queremos qualquer tipo de questionamento de vizinhos, amigos ou parentes, o objetivo aqui é apenas informar e trocar experiências.

Bom… tudo começou depois que eu tive uma noite incrível com a pessoa que amo, o sexo foi animal, como há muito tempo não havia sido. O motivo disso? Uma decisão que eu fiz horas antes, ainda na farmácia.

Acho que você já foi na farmácia para comprar preservativos e encontrou o dilema: qual delas eu levo?

camisinha 1

Eu sempre considerei o uso da camisinha como algo necessário. Afinal, há bastante informação sobre a necessidade de proteção e eu não quero ter nenhum contratempo nesse momento da vida – acabei de arrumar um “trampo” novo, e estou fazendo umas melhorias no apê. Apesar disso, precisamos conversar sobre a caminha.

Sendo bem sincero, uma das minhas maiores frustrações é não conseguir gozar dentro quando estou “encapado”. Eu geralmente tenho que dar uma pausa na penetração – o que quebra ainda mais o clima – e começar a me masturbar para conseguir gozar. É isso, ou eu corro o risco de brochar. 

Eu estava mais uma vez na farmácia, com o dilema -qual delas eu levo? – e uma embalagem preta e dourada me chamou a atenção. Uma nova marca chamada Skyn. Não sei bem o porquê mas resolvi levar uma para casa. Usualmente eu levo a mesma, aquela “sensitive”. Eu sempre procurei comprar camisinhas que fossem mais finas, porque eu acho que eu demoro demais para gozar com camisinha! Na hora que deveria ser só curtição, com camisinha, eu costumo ficar mais cansado do que sentir prazer.

camisnha skyn
Eu já até ouvi alguns amigos falando que não sentem diferença no sexo com ou sem camisinha. Mas brother, sim, ela existe! Pode ser uma diferença cada vez menor, devido ao avanço da tecnologia, mas mesmo assim, aquela sensação de contato de “pele na pele”, ainda não foi alcançado. Para mim, sempre foi uma troca simples e até que justa: eu abro mão de ter mais prazer pela “segurança”. O que me inspirou a escrever esse texto foi uma experiência nova que aconteceu comigo semana passada, e que mudou esse conceito. Eu utilizei uma nova camisinha e o sexo foi incrível.

Na noite tive uma enorme surpresa quando fui colocar a camisinha: como ela vestiu fácil! Foi um alívio. Eu não tenho necessariamente um pau grande, meu amigo está lá pelos seus 17… 18 cm, de formato “regular” não muito grosso. Um pau médio, daqueles que não assusta, nem decepciona. E o problema de quem tem um pau médio é que ele não é grande o suficiente para camisinhas extra grande e nem de um tamanho “normal” para camisinhas regulares! Acredite… eu já experimentei usar caminhas GG uma vez, e ficou ridículo! 

melhor-camisinha

 

A Skyn, se adequou perfeitamente ao meu pênis. Eu tive uma sensação de conforto e pude ter muito mais prazer no sexo. Com um preservativo que não me sufocasse, eu consegui sentir melhor a fricção da pele. E confesso que gostei muito da sensação. Minha parceira relatou que não sentiu diferença na camisinha mas que era nítido minha maior empolgação. Eu realmente aproveitei mais e estava feliz por isso. Fui olhar na embalagem, a camisinha Skyn tem 53mm de espessura, enquanto as normais tem 52mm, esse 1 mm fez toda a diferença.

Quando eu tirei a camisinha percebi que a coloração dela estava meio opaca. Não sei se ela é assim mesmo, mas isso não foi um problema para mim.

Eu tive uma ótima noite com a pessoa que amo, e que quero agradar sempre! Conversamos algum tempo sobre isso e nos propusemos um desafio: Experimentar uma camisinha diferente todas vezes que transarmos pelas próximas semanas. Nossa intenção é chegar na camisinha ideal na camisinha que me fará gozar dentro. Nomeamos o desafio de “diário da camisinha” 

Entrei em contato com blog e sugeri a pauta. Afinal, deve haver muitos caras assim como eu que enfrentam os mesmos dilemas desde escolher uma camisinha na farmácia até sentir desconforto ao usar. Na verdade nós não sabemos que existem inúmeras versões, modelos, tamanhos, formatos, sabores e texturas. E possivelmente existe uma camisinha ideal para cada tipo de pau. Eu vou atrás da minha e vou contar essa jornada comentando sobre as diferentes experiências com cada tipo de preservativo. Talvez assim algum leitor possa ficar sabendo e encontre mais facilmente a sua.

Até o próximo post.