Casas inteligentes serão o futuro. Ou melhor, já são. A tecnologia está aí para facilitar a nossa vida e, com isso, temos visto projetos incríveis de automação residencial aparecendo a cada dia. O termo representa uma conexão da sua casa com seus aparelhos eletrônicos, e também podemos nos referir a este conceito como domótica, que significa união entre casa (domus, em latim) com robótica.

Sim, meus amigos, o futuro é agora e os aparelhos da sua casa podem fazer coisas sozinhos, bastando apenas que você dê poucos e simples comandos. É normal que algumas pessoas achem esses recursos um tanto exagerados, mas muitos dele são úteis em questões de segurança, até mesmo para o caso de idosos que moram sozinhos, podendo inclusive evitar acidentes. E mesmo que alguns tenham o objetivo apenas de trazer mais conforto, há uma coisa que ninguém pode negar: tudo isso é muito surpreendente! Confira algumas dessas tendências que trazemos em parceria com o Habitíssimo.

Segurança reforçada

Começando pela porta de entrada, estamos até acostumados a ver sensores de presença com alarmes, mas é possível ir além: fechaduras com biometria ou reconhecimento facial, vídeo-porteiros que informam direto no seu celular quem está do outro lado da porta. E também não é preciso ir até lá para liberar, faça isso do seu celular, independente de onde você esteja.

Lâmpadas controladas pelo celular

Talvez muita gente ainda ache impressionante a ideia de acender ou apagar as lâmpadas de uma casa com palmas, mas essa funcionalidade se torna ainda mais prática no celular. Foi dormir e esqueceu a luz da cozinha acesa? Tendo o seu celular do lado, não é preciso se levantar, porque o controle está em suas mãos.

Sensores de presença e fumaça

E se você quiser que a lâmpada se acenda e apague sozinha, sem você nem precisar tocar no celular? É possível também. Essa tendência é muito indicada para casas de idosos, já que muitos deles possuem mais dificuldade de memória, se esquecendo de acender e de apagar as luzes. Também é possível automatizar fogões com sensores que avisam quando há alguma coisa queimando no fogo.

Criação de cenários

Que tal criar um ambiente de balada na sua casa? Ou um mais romântico para celebrar uma data especial com o seu par? Controle cores, intensidade e crie cenários memoráveis para cada ocasião. Este também se torna um recurso de segurança, pois você pode programar para que algumas luzes se acendam quando você estiver viajando, por exemplo, evitando que percebam que não tem ninguém em casa.

Assistentes de voz

Aqui no Brasil esses assistentes ainda são um pouco limitados, mas em outros países esse tipo de aparelho está realizando uma variedade de tarefas. Programar alarmes, dar informações sobre o trânsito, previsão do tempo, criar uma playlist e reproduzi-las, interagir com outros aparelhos inteligentes, como geladeiras, micro-ondas, lâmpadas, TV, enfim, uma infinidade de conexões.

Banheiro que ajuda na prevenção de doenças

No Japão, já há vasos sanitários que conseguem medir se o usuário está propenso a desenvolver diabetes, hipertensão, obesidade e outras doenças crônicas, apenas analisando a urina ou o peso. Ele envia essas informações direto para o celular e, se necessário, avisa a pessoa que é hora de consultar um médico.

Não se preocupe em molhar o jardim

Há aparelhos com sensores que percebem quando o solo está seco e liberam sozinhos a água para irrigar as plantas. Uma ótima opção para os esquecidos de plantão ou para quem viaja frequentemente.

Enfim, programe tudo

São infinitas as possibilidades de automação dos aparelhos da sua casa. Programe a cafeteira para o café estar fresquinho quando você chegar em casa e o forno para assar seus pães de queijo na hora certa. E que tal se sua banheira for enchendo e esquentando sozinha enquanto você está terminando o expediente do home office? E não se surpreenda se, em algum momento, esses aparelhos não precisarem mais do seu comando, pois como o nome já diz, são inteligentes, e podem realizar as tarefas de acordo com seus próprios hábitos, que serão captados por eles.

Quais casas inteligentes você admira e conhece? Comenta e compartilha outros links para os outros leitores interessados no assunto.