Parece que não podemos nem piscar que novas informações sobre os impactos do corona vírus aparecem. Algumas pesquisas estão sendo realizadas sobre potenciais repercussões do vírus na saúde sexual e reprodutiva dos homens.

Um estudo descobriu que sobreviver ao COVID-19 pode estar associado à disfunção erétil (DE) como uma complicação futura. A pesquisa aponta para três fatores que podem levar ao aparecimento potencial de disfunção erétil em homens que tiveram o vírus:

Efeitos Vasculares

A função erétil é um preditor de doenças cardíacas, então sabemos que o sistema vascular e o sistema reprodutivo estão conectados. Também sabemos que COVID-19 pode causar hiperinflamação em todo o corpo, especialmente no coração e nos músculos adjacentes. 

O suprimento de sangue ao pênis pode ficar bloqueado ou estreito como resultado de uma condição vascular nova ou agravada causada pelo vírus.

Impacto psicológico

A atividade sexual está intimamente associada à saúde mental. O estresse, a ansiedade e a depressão causados pelo vírus e pela pandemia podem estar relacionados à disfunção sexual e mau humor.

Deterioração geral da saúde

A disfunção sexual é normalmente um sintoma de um problema subjacente. Homens com problemas de saúde têm maior risco de desenvolver disfunção erétil e também de ter uma reação grave ao COVID-19. Uma vez que o vírus pode causar uma infinidade de problemas de saúde, problemas gerais de saúde são motivo de preocupação tanto para DE quanto para outras complicações.

“A disfunção erétil pode ser um marcador da saúde geral”, explica o urologista da MD. “Então, particularmente para pessoas jovens e saudáveis que desenvolvem disfunção erétil abruptamente, e especialmente depois de terem COVID-19, isso pode ser um sinal de que algo mais sério está acontecendo”.

Relação entre Covid-19 e o dano testicular

Outro motivo de preocupação em relação à pesquisa é o potencial dano testicular que pode ocorrer após uma infecção por COVID-19. É muito cedo para dizer se o dano é permanente, temporário ou se pode afetar a fertilidade. A idade também é um aspecto importante a ser considerado, pois é um fator de risco para desenvolver DE e um caso grave de COVID-19.

Alguns estudos mostraram a possibilidade de existir efeitos cardiovasculares e outros efeitos médicos por conta do COVID-19, mas a resposta é que é muito cedo para dizer quais são exatamente todos os efeitos de longo prazo. “Sabemos que há uma série de maneiras diferentes pelas quais o vírus pode causar disfunção erétil, mas muito mais pesquisas são necessárias antes de termos certeza.” Comenta o urologista da MD.

Pesquisadores ainda estão aprendendo sobre os danos a longo prazo que o vírus pode causar, estão apenas começando a entender as complicações futuras que o vírus pode causar, incluindo: coágulos sanguíneos, problemas neurológicos, danos ao coração, pulmões, rins e agora, consequências negativas para a saúde sexual e reprodutiva dos homens . Muitos pacientes também sofrem com os sintomas há meses, apesar de apresentarem boa saúde anterior.

É necessário tempo e mais pesquisas até termos um melhor entendimento. É por isso que é tão importante seguir as diretrizes de segurança, levar a doença a sério e diminuir a propagação.

Compreender melhor o contexto em torno de como você se sente o ajudará a tomar as medidas certas para lidar com potenciais riscos.

/ COMO EVITAR DANOS A CURTO E LONGO PRAZO POR COVID?

Defina o que está sobre o seu controle
Há tantas coisas sobre as quais não temos controle que pode parecer um momento opressor. Dê um passo para trás e identifique o que você pode fazer – “faça a sua parte” para lutar contra a pandemia seguindo as diretrizes. Se você pretende melhorar sua saúde geral ou combater um mau hábito, agora pode ser a hora certa para elaborar um plano, ou seja, encontre maneiras de substituir as atividades que você não pode mais seguir.

Siga uma rotina saudável
Tente dormir e acordar em horários regulares, fazer uma dieta balanceada e fazer exercícios regularmente. Pode ser tentador recorrer ao álcool, ao fumo ou a junk food como mecanismo de enfrentamento, mas isso provavelmente fará você se sentir pior e menos capaz de lidar com as situações.

Inicie conversas com amigos
Pergunte a eles como estão passando pelo isolamento social – muitos não estão respondendo a essa pergunta e isso pode fazer com que falem, o que pode ser bom para você e também para eles.

Evite a sobrecarga de informações
Notícias em andamento, notificações sensacionalistas e redes sociais constantemente nos bombardeiam com mensagens que ocasionalmente são contraditórias. Reserve um tempo para verificar as notícias e procure fontes confiáveis.

Se a maneira como você se sente está afetando sua capacidade de seguir uma rotina ou se o seu dia-a-dia se tornou uma atividade opressora ou angustiante, recomendamos buscar apoio psicológico. A terapia cognitivo-comportamental (TCC) é uma terapia de fala que fornece técnicas práticas para mudar pensamentos e comportamentos com os quais você está lutando, e, principalmente por conta da nossa nova realidade, há diversas opções de suporte online ou por telefone que pode ajudá-lo a obter suporte de forma rápida e discreta.

Gerval Aguiar
Consulta de Remédios


Referências:
Lidando com a saúde sexual e reprodutiva masculina após o surto de COVID-19
Existe alguma associação de COVID ‐ 19 com dor testicular e epididimo ‐ orquite?
Novo estudo: COVID-19 pode causar danos ao esperma, mas os especialistas consultam os resultados