Nada de bisturi e muito menos anestesia! Você pode até assistir um bom filme ou navegar pelo Facebook enquanto espera o procedimento ser realizado. A técnica de “congelar a gordura”, nomeada de CRIOLIPÓLISE, teve o seu grande reconhecimento pelo público leigo no verão de 2012, no Brasil. Trata-se simplesmente de uma técnica de “lipoaspiração” de áreas pequenas, em que não há real necessidade de utilização de cânulas de sucção evitando, portanto, uma cirurgia em si.

A formulação do procedimento, nomeado de Coolsculpting nos EUA,  iniciou quando pesquisadores de Harvard observaram que algumas crianças após tomar muito sorvete ganhavam COVINHAS!!! O frio do sorvete acabava congelando as células de gordura, e assim, eram “eliminadas” pelo organismo por estarem danificadas.

Anunciei em janeiro, na minha conta pessoal do Face e Twitter, que faria essa matéria. Porém, esperei até semana passada para saber se no último Congresso Americano de Dermatologia – realizado agora em março de 2012 em São Diego – teria alguma novidade sobre essa técnica desenvolvida pelo Dr. Rox Anderson, professor de Dermatologia dos EUA. Conclusão? Apenas ótimos comentários e validação do procedimento. Podemos confiar mesmo!

COMO FUNCIONA?

Por ser uma técnica prática e DISCRETA, nos EUA ficou conhecida também como a “Lipoaspiração dos Homens”. Afinal, o paciente pode realizar o processo de manhã, e ir para o trabalho logo depois. Ninguém perceberá! E o público masculino, em sua grande maioria, valoriza a descrição quando o assunto é investir na vaidade.

O paciente sentado com um roupão, terá o abdômen higienizado e demarcado. Posteriormente será aplicado um pequeno tecido de gel para proteção da pele. O procedimento  terá início quando ele ouvir um barulho como se tivessem acabado de ligar o ar-condicionado. O aparelho (chamado ZELTIQ) é direcionado para seu abdômen e pronto. O paciente sentirá um puxão (vácuo) para selecionar com garantia a área desejada e um intenso frio na barriga, afinal a temperatura é de 2 °C a 4 °C. Após poucos minutos, a sensação some!

Na criolipólise a gordura líquida se tornará sólida, e as células de gordura diminuirão de tamanho. Ao longo das semanas seguintes, o próprio corpo eliminará essas células danificas e por conseguinte, você terá o resultado desejado.

O PROCEDIMENTO SÓ PODE SER REALIZADO NA BARRIGA?

É o local mais desejado pelos pacientes, mas também pode ser direcionado para as coxas, cintura, costas ou nádegas.

UMA SESSÃO BASTA?

Depende da taxa de gordura e outros fatores. Mas caso seja necessário repetir a sessão, o ideal é só após 2 meses da primeira! Trata-se de um procedimento gradual. Em 3 semanas você consegue observar o início dos resultados, entretanto os resultados completos – eliminação total das células de gordura – aparecem em até 3 meses.

TEM EFEITOS COLATERAIS. SE SIM, QUAIS?

Assim como qualquer técnica a criolipólise apresenta alguns efeitos colaterais, entretanto extremamente tranquilos: vermelhidão, formigamento e leve dormência na área após a sessão. Hematomas são observados em poucos pacientes, porém, isso é resolvido naturalmente no máximo em duas semanas.

É SEGURO? QUALQUER UM PODE FAZER?

O procedimento já foi aprovado pelo FDA. Logo, é seguro. Existem algumas restrições de pacientes com alta taxa de gordura e também aos “alérgicos” ao frio, assim, apenas o médico dirá se você é um bom candidato para congelar suas gorduras.

Homens e mulheres, com peso ideal mas com gorduras localizadas são os melhores candidatos. A idade mínima é 18 anos!

QUAL É O PREÇO DO PROCEDIMENTO?

Dependa da sua cidade e da clínica deseja. O valor na área do abdômen superior ou inferior varia de R$1.500,00 até R$3.000,00.

Pode ser realizado tanto por dermatologistas ou cirurgiões plásticos. Porém, lembre-se das regras que já disse sobre a escolha do médico! Relembre AQUI.

Quero salientar que  a grande vantagem é de não tratar de um procedimento cirúrgico. Dessa forma, você fica longe de desconfortos de uma cirurgia e de suas possíveis complicações. Acho interessante também que vários procedimentos estéticos anteriores tinham sua teoria baseada no CALOR, por ultrassom, para eliminar as gorduras, o contrário deste. Entretanto, havia a questão de esquentar muito e acabar queimando a pele, e danificando estruturas importantes, não sendo assim tão seguro.

Aconselho essa técnica para os indivíduos que mesmo depois de uma dieta regular e de atividade física não conseguiram eliminar as gorduras localizadas, isto é, aquelas mais resistentes. Estes são os melhores candidatos para a criolipólise! O resultado continuará na medida que você manter exercícios e uma boa alimentação na lista de seus hábitos. Caso alguma dúvida persiste, não hesite em me perguntar.

_____________________________________________________________________________________________________
 
Referências
 
No Congresso da Academia Americana de Dermatologia, de 2011 em Nova Orleans (EUA), foram apresentadas várias pesquisas, porém não são todas disponíveis a livre acesso na internet. As referências norte americanas são as melhores! Caso queira aprofundar, por conta própria, pode me solicitar vídeos que envio. Segue uma pequena lista de referências:
 
 
WASHINGTON INSTITUTE OF DERMATOLOGY LASER SURGERY. Disponível em <http://www.skinlaser.com/cosmetic-procedures-washington-dc/coolsculpting-washington-dc/> Último acesso em: 23 de março de 2012
 
DERMATOLOGY ASSOCIATES OF ROCHESTER. Disponível  em <http://dermrochester.com/dermatology-associates/coolsculpting/about-coolsculpting> Último acesso em: 23 de março de 2012.
 
COOLSCULPTING OFFICIAL. Disponível em <http://coolsculpting.com/> Último acesso em: 23 de março de 2012
 
CONSUMER GUIDE TO PLASTIC SURGERY. Disponível em <http://www.yourplasticsurgeryguide.com/contouring/zeltiq-coolsculpting.htm> Último acesso em: 24 de março de 2012.
 
REALSELF. Disponível em <http://www.realself.com/coolsculpting-by-zeltiq> Último acesso em: 24 de março de 2012
 
BOWES DERMATOLOGY. Disponível em <http://www.bowesdermatology.com/coolsculpting-procedure.html> Último acesso em: 24 de março de 2012.
 
MODERN MEDICINE. Disponível em <http://www.modernmedicine.com/modernmedicine/Dermatology/FDA-OKs-Zeltiq-device-for-treatment-of-fatty-areas/ArticleStandard/Article/detail/687495> Último acesso em: 24 de março de 2012
 
SKYN & ALLERGY NEWS. Disponível em <http://www.skinandallergynews.com/index.php?id=372&cHash=071010&tx_ttnews[tt_news]=16615> Último acesso em: 24 de março de 2012