O que faz a roupa da vitrine na loja ou do modelo na revista comunicar tanta personalidade e estilo? Por que até mesmo o cara menos interessado em moda consegue avaliar com bons olhos um belo terno ou uma camisa impecável? Qual é o segredo daquele empresário ou daquele ator para “vestir tão bem” uma roupa? Você pode nos responder que é o dinheiro ou AQUELA marca que eles compraram, mas saiba que está errado. O  segredo é a alfaiataria.


O HomemModerno.com não privilegia o consumo sem conhecimento. De nada adianta você comprar uma roupa da marca mais cara. A equipe de Moda do site foca suas matérias em uma direção para você construir um estilo, o seu estilo! Para tal conquista é necessário o leitor se abastecer de boas informações, dicas e referências. Por isso diariamente lançamos feeds no facebook com looks e estilos inspiradores. Essa matéria tem a  intenção de entregar de mãos dadas uma das grandes ferramentas para você não se tornar uma vítima da moda.

 

O QUE É A ALFAITARIA? 


Apostamos que alguns dos leitores, ao ler o título da matéria, pensaram na figura típica daquele senhor com agulhas na mão dos contos de fada. Deleta essa imagem. A arte do alfaite ganhou grandes inovações no último século através de aprimoramento de técnicas e conceitos. Uma peça de alfaitaria nada mais é do que uma peça personalizada, isto é, modelagem e corte específicos para o seu corpo. Desse modo ao vestir uma peça única e exclusiva o resultado é elegância e estilo.

Vestir uma roupa ajustada e sob medida garante pra você um look sem erros. Há apenas acertos em sua roupa e será essa a imagem transmitida: um cara que presta atenção em detalhes. Detalhes esses, leitor, que fazem as pessoas prestarem mais atenção em você. O estilo é feito de detalhes.

Historicamente – é até válido comentar, rapidamente sem extensões – a profissão de alfaite, em si, surgiu exatamente em uma época em que o homem precisava destacar sua nobreza através de suas roupas, refletir para a sociedade quem ele era. Curiosamente, ao pensar no HOMEM MODERNO, praticante de atividade física e geralmente fã de academia, a alfaitaria ressurge com um impacto agora na necessidade de valorizar o corpo saudável e em forma, isto é, evidenciar o que de melhor você tem no seu corpo – seja ombros largos, peitoral desenvolvido ou até não destacar alguma gordura mais evidenciada.

 

LEITORES X ALFAIATARIA  

Muitas vezes recemos fotos de leitores com looks para aprovação da equipe. A citação das marcas, e dos preços não resultam, obrigatoriamente, em um visual admirável. Muitas vezes a camisa está toda desajustada: mais larga onde não deve e mais justa onde não pode. Concorda no reducionismo em pensar que apenas vendendo no P, M e G uma marca respeitará a individualidade do corpo de cada homem? Eis que a alfaitaria entra como solução. 

// TOP DICAS de ALFAIATARIA // 

 

1. No mundo da alfaiataria, há uma diferença entre o estilo e a forma. De um modo geral, o estilo é sobre a silhueta, enquanto a forma é sobre o ajuste feito da forma correta no corpo do homem.

 2. Há silhuetas diferentes para ternos e camisas, mas as regras que temos de como eles devem se encaixar são semelhantes aos que temos para calças. Não deve haver qualquer franzido ao longo do terno, tanto na parte da frente ou de trás. 

3. Segundo raciocínio na dica 2, as mangas também devem ser livres de qualquer ondulação e o terno deve possuir linhas limpas de todos os lados.



 

4. Lembre dos principais pontos da alfaitaria: caimento impecável, técnicas avançadas e regras imperceptíveis de acabamento, padronagens clássicas como a risca-de-giz e o xadrez.

5. Saber escolher o tecido é elementar, assim, procure um serviço de personalização (alfaiataria) de qualidade. Peça indicações! Se você não conhece um pode mandar e-mail que enviamos os endereços das melhores empresas. Uma outra excelente opção, ou até mesmo melhor por ser mais prático, é buscar comprar em uma camisaria online.  Até Já indicamos pelo facebook .

 // HOMEM MODERNO INDICA //

Em destaque, focamos a CAMISARIA DEMÔRO (entre CLICANDO AQUI  e espie) que criou até um tutorial para facilitar os homens na compra de uma roupa sob medida, e no endereço online você pode escolher o seu modelo preferido de colarinho, de punho e de frente da camisa. É uma boa pedida para não errar, já que eles até te auxiliam na sua escolha, disponibilizando algumas dicas de tecido e detalhes adequados para cada ocasião, além de dividir didaticamente os tecidos em três categorias: Clássicos, Executivos e Casuais.
 

Todos os princípios citados devem ser seguidos independentemente do estilo do terno (limpo, drapeado, acolchoado, natural, magro, cheio). Siga as dicas. Ter estilo não é difícil !


// INSPIRE-SE //

no images were found


// Por Dri Senna e George Yuncan
// EquipeMODA