Qual a sua posição preferida?

Você tem uma posição sexual favorita? Se você já tem uma resposta pronta, isso pode ser um indício que você está transando mal. 

É isso mesmo, mal. Por melhor que você se ache no momento sexual e obtenha algum tipo de prazer durante o ato, responder prontamente a esta pergunta nos faz concluir algo simples (e imprescindível) para uma relação a dois: você não está notando o seu (sua) parceiro(a). O que você está fazendo é algo próximo a uma masturbação (a dois). Focada no seu prazer – e ego.

Considerando que naquele momento, estamos numa relação, por mais volátil que seja, o que realmente faz a diferença é perceber e trocar com a pessoa ao seu lado. Sendo assim, como uma mesma posição vai ser a melhor com todos os parceiros? Não encaixa (igual).

Existem vários tamanhos e formas de bananas e mamões.

Pessoas tem intensidades e corpos diferentes. Sabe aquela curvatura no pau? Ajustando a posição dele você pode ir direto no ponto G. Pode ser que a mesma posição te cause desconforto ou imenso prazer, variando o parceiro. Tem pessoas que te farão um oral primoroso, outras não. 

Aproveite para ter prazer com o que cada um tem de melhor.

E digo mais, cada relação em si te expressa de uma maneira diferente. Considerando cada relação, uma interação e, logo, um estímulo, perceba que haverá em si uma reação diferente a cada interação. Há pessoas que instantaneamente te provocarão carinho, afeição, desejo… reforçando em você características diferentes, logo você se expressará mais afável com determinada pessoa e mais sexual com outra.

Como você fará o mesmo sexo com pessoas que te estimulam tão distintamente?

Posição sexual favorita: Para quem?

Abra-se para sentir prazer com o outro. Além disso, abra-se para se notar.