Acne: Praticamente todo dermatologista viu mais pacientes com acne do que viu a própria mãe, sem exageros. Das doenças cutâneas, é a mais comum entre os adolescentes e adultos jovens, de ambos os sexos. Embora comum, não deixa de ser importante para os dermatos visto o impacto psicossocial que um quadro de acne pode causar nos pacientes, independente de sua gravidade clínica. Mas o assunto hoje não é triste, é sucesso. Nesta série de 4 posts, vamos vasculhar as profundezas da literatura dermatológica e explicar os 4 passos principais para o tratamento. E, para adiantar, espremer espinhas não é um deles!

/ SABONETES SÃO NECESSÁRIOS? COMO EU FAÇO PARA LIMPAR MEU ROSTO?

Parece que agora teremos um post igual a um comercial de sabonetes para bebês, mas não: É nosso próximo capítulo no livro de manejo adequado para acne. Aqui, vamos tratar rapidamente do porquê lavar a sua cara é importante, embora a sua mãe já tenha lhe dito isso inúmeras vezes.

Embora o número de estudos não seja exuberante, o consenso geral da literatura é que a limpeza facial com produtos não irritantes é benéfica e auxilia no tratamento. VEJA BEM, AUXILIA! Não é recomendado como monoterapia e, se feito de maneira errada, pode piorar o quadro por causar mais irritação em uma pele já inflamada, como você leu anteriormente aqui.

Os tópicos utilizados para limpeza do rosto geralmente contêm alguns ácidos, como o salicílico e o glicólico, em concentrações seguras para o uso diário e que ajudam na diminuição da oleosidade da pele e remoção das partículas de sujeira acumuladas ao longo do dia. Estes dois citados acima ainda possuem propriedade comedolíticas, auxiliando o tratamento eficaz da acne pois ajudam a eliminar os comedões, nome científico dos famigerados cravinhos.

Podem ser encontrados em preparações como sabonetes em barra, sabonetes líquidos, emulsões e espumas de limpeza. Algumas formulações são tão interessantes que nem precisam de água para funcionar, por mais estranho que pareça. Mesmo assim, adequar qual formulação é mais adequada para seu tipo de pele é trabalho para seu fiel dermatologista da SBD, mas saiba que lavar o rosto vai sim fazer parte do seu tratamento.

Nos outros posts da série, você pode conferir quais são os outros três cuidados essenciais para o cuidado da pele com acne.